Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Mostra de foguetes reúne 265 alunos do campus
Início do conteúdo da página Notícias

Mostra de foguetes reúne 265 alunos do campus

Participantes lançaram foguetes produzidos com garrafas pets. Competição ocorreu no dia 22 de maio.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 29/05/2019 17h48
  • última modificação 29/05/2019 17h48

Foguetes foram construídos com garrafas pet; como combustível, foram utilizados bicarbonato de sódio e vinagre

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Barra do Corda promoveu, no dia 22 de maio, a 13ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), que é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Inscreveram-se na competição 265 alunos de nível médio da instituição, divididos em 97 equipes. A dupla vencedora foi formada pelas alunas Caroline Ferreira e Cauana Fabrício.

As estudantes lançaram um foguete que percorreu uma distância de 211,20 metros de alcance, quebrando o recorde de 205 metros, alcançado na edição de 2016 da mostra no campus. Curiosamente, a equipe formada pelas alunas foi a última a se inscrever, o que ratifica o ditado popular segundo o qual “os últimos serão os primeiros”. Com a construção do foguete e da sua base, produzida em aço galvanizado, Caroline Ferreira, do Curso Técnico em Edificações, e Cauana Fabrício, do Curso Técnico em Administração, gastaram aproximadamente R$260, incluídos nessa conta os gastos com vinagre e bicarbonato de sódio. Todo esse investimento teve como resultado uma vitória que dá à equipe o direito de participar da Jornada de Foguetes, que ocorrerá na cidade do Rio de Janeiro em outubro.

As equipes participantes construíram foguetes com duas ou mais garrafas pets, de volumes variados. Além disso, construíram também as bases de lançamento, que deveriam estar firmemente presas ao chão, para garantir maior segurança. Os alunos utilizaram materiais como canos PVC, madeira e estruturas metálicas. Como combustível para a propulsão dos foguetes, todos os estudantes usaram uma mistura de vinagre e bicarbonato de sódio. Os servidores do IFMA contribuíram para a organização do evento, garantindo que a competição ocorresse com segurança e eficiência dentro de uma área delimitada em um condomínio residencial próximo ao Campus Barra do Corda.

MOBFOG

O objetivo da mostra é estimular o interesse dos estudantes pela Astronáutica, pela Física e pela Astronomia, de uma forma lúdica e competitiva. Para participar, alunos dos níveis fundamental, médio e superior de todo o Brasil devem construir foguetes com materiais como canudos de refrigerante, canudos de papel e garrafas pets. Ganha a competição o foguete que percorrer a maior distância horizontal.

No IFMA Campus Barra do Corda, a MOBFOG foi promovida pela primeira vez em 2014, organizada pelo professor da área de Física, Annatanael Silva Paiva, que continuou a coordenar todas as edições posteriores. Segundo ele, organizar a MOBFOG é “uma tarefa árdua que começa com a apresentação do projeto nas turmas e prossegue com o recolhimento das inscrições”. Contudo, segundo conta o professor, o ponto alto da mostra é, “literalmente, o lançamento dos foguetes”.

Historicamente, o Campus Barra do Corda já levou representantes para a Jornada de Foguetes, etapa nacional da MOBFOG, nos anos de 2014, 2016, 2017 e 2018. De acordo com Annatanael Silva Paiva, as participações nacionais demonstram a competência dos estudantes na execução de seus projetos de foguetes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página